sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

ALGUNS VERSOS

    COMO TANTAS PESSOAS, TAMBÉM TIVE MINHA FASE DE FAZER VERSOS...
    ERA UMA NECESSIDADE DE EXTERNAR DE ALGUMA FORMA O ENCANTAMENTO E A
 MINHA VISÃO DA VIDA...
   FOI QUANDO EU ESCREVI:

         EU GOSTO DA LIBERDADE,
MAS TAMBÉM GOSTO DA RIMA
E RIMO A RIMA RIMANDO
SEM ESTAR POETIZANDO...

        RIMO SÓ POR BRINCADEIRA
   E ATÉ POR SENTIMENTO.
  ME ESPANTA A VIDA  E EU CANTO
 NUMA RIMA O MEU ESPANTO.

          E, RIMANDO,RIMO A VIDA
E, VIVENDO, VIVO A RIMA.

Um comentário:

Ordália disse...

vamos rimar que há muito a viver, né mesmo? (Tô tentando me auto convencer, logo, concorde!!! rs