sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O VENTO E A GATA

O VENTO QUE COMEÇOU UM SUSSURRO
FOI ALTERANDO O TOM
ATÉ SE TRANSFORMAR NUM BERRO

               FORÇANDO AS JANELAS,
               BATENDO A PORTA,
               E DEIXANDO DE ORELHA EM PÉ
               UMA GATINHA ASSUSTADA
               QUE ANTES DORMITAVA
               NA VERDE ALMOFADA.      

Nenhum comentário: